Equipes de Nossa Senhora

Movimento de Espiritualidade Conjugal
Super-Região Brasil
O matrimônio é a melhor garantia para o amor, é o lugar natural da felicidade e o caminho seguro para a santidade.

Causa de canonização do Pe Henri Caffarel / Citações do Pe Caffarel

  Se todas as famílias cristãs estivessem convencidas da importância da Oração Conjugal, se em todas essas famílias, a Oração Conjugal estivesse viva, haveria no mundo um prodigioso crescimento de alegria, de amor e de graça.  
  O teu amor sem exigência me diminui; a tua exigência sem amor me revolta; o teu amor exigente me engrandece.  
L’Anneau d’Or mai-ago 1956
  Na origem da Espiritualidade Conjugal há um apelo de Cristo: Para nós esposos, a nossa vocação é irmos juntos para Cristo, um e outro, um com o outro, um pelo outro.  
  Uma das razões da Oração conjugal é conservar entre nós a graça do matrimônio. É um pouco como se, todas as noites, repetíssemos o sim sacramental.  
  Pois sejam vocês, casais, os missionários desta espiritualidade conjugal que lhes dá vida.  
  Eu gostaria que vocês ao irem para a oração, estivessem profundamente convencidos que estão sendo esperados pelo Pai, pelo Filho e pelo Espírito Santo.  
Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 34
  Essa é uma lei fundamental do amor, de todo amor - seja do amor a Deus ou do amor conjugal: Ele não é verdadeiro se não é vivo, impaciente pelo bem e pela felicidade do outro.  
  Sejam felizes: o Senhor aguarda este louvor, e os que os cercam, esse testemunho.  
A Missão do Casal Cristão, pag. 20 - Paris 25/12/1945
  Dar-se um ao outro para ambos darem-se juntos, eis a vocação e a missão do casal cristão.  
  A Espiritualidade Conjugal é a arte de viver no casamento o ideal evangélico que Cristo propõe a todos os seus discípulos.  
  Não há melhores militantes para a Igreja e para a Cidade do que aqueles que, em primeiro lugar, militam em seu lar, pelo triunfo do amor e da graça.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 33
  As leis da gravidade nem sempre tem a última palavra diante das energias do Cristo ressuscitado.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 08
  Uma vez que o lar não está isolado na cidade ou na igreja, esta espiritualidade conjugal e familiar é também uma espiritualidade do compromisso do casal com as atividades humanas e eclesiais.  
L’Anneau d’Or nº 84
  O amor dos esposos, com seus encantamentos, suas agonias, suas ressurreições, é a imagem transparente, a 'parábola' do amor entre Deus e seu povo, entre Deus e cada um de seus filhos e filhas.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 09
  Não é com Cristo de vinte séculos atrás que nos relacionamos, em vez de nos relacionarmos com o Cristo de hoje?  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 26
  Se essa não é a mais alta forma de amor, certamente é uma das mais altas, essa avidez pelo pensamento do outro.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 18
  Se nos encontrarmos realmente com Deus, nossa vida muda para sempre e torna-se impossível para nós não comunicá-lo.  
  O matrimônio é a admirável invenção de Cristo para que a Eucaristia seja vivida a dois.  
  Basta que existam alguns milhares, algumas centenas de milhares de pequenos lares de oração em nosso mundo e o semblante do planeta terá mudado.  
  O casamento seria uma armadilha que deveria ser evitado se não fosse um meio de chegar à perfeição do amor de Deus.  
  Quero dizer que é preciso defender, manter, aprofundar o amor conjugal, pois, você sabe muito bem, o amor não é uma sorte grande caída do céu, mas uma conquista cotidiana.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pág 32
  Essa voz que ouço ao ler o Evangelho é a mesma que acalmava a tempestade furiosa, que curava a lepra, a mesma que ressuscitava os mortos, que perdoava os pecados, que gerava filhos de Deus.  
Carta Mensal janeiro 1964
  Sois chamados à santidade. E é no e pelo casamento que deveis caminhar para ela.  
  Para os casais que procuram construir a sua espiritualidade, não se trata de se evadirem do mundo, mas sim de aprenderem como, a exemplo de Cristo, podem servir a Deus em toda a sua vida e em meio ao mundo.  
editorial Carta Mensal 1950
  Contar com a tentação é realismo. Saber-se vulnerável é humildade. Pensar que seu cônjuge também é vulnerável, é bom senso.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 31
  As leis do encontro entre marido e mulher são as mesmas da relação entre o cristão com seu Deus na oração. Essa relação deteriora-se quando a habilidade toma o lugar da invenção.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 55
  Assim como ninguém se torna marceneiro, músico, escritor da noite para o dia, tampouco se torna pessoa de oração sem um aprendizado consciencioso.  
Carta Mensal set-out 1970
  O amor conjugal une os esposos ao nível do seu eu cristão, faz deles 'um só coração e uma só alma'.  
  Com ares de superioridade, o perdão gera revolta; reticente, oprime; sem amor, não pode libertar, nem salvar.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 75
  Quando acharmos que é preciso fazer uma repreensão a alguém que amamos, se o amor não preceder a repreensão, estamos apenas fazendo crescer o mal naquele que pretendemos curar.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 73
  Saber precisar daquele a quem damos tudo, aí está a grande perfeição do amor.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 82
  Amar alguém é ambicionar não tanto contentá-lo plenamente, mas fazê-lo crescer, e portanto provocá-lo a sair de si mesmo, a se superar, a se gastar, a se doar, em uma palavra: a amar.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 81
  Pois bem, amar é respirar, inspirar e expirar, dar e receber. O amor morre asfixiado quando este ritmo não é respeitado.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 80
  Um dia, numa pequena aldeia do Oriente Próximo, uma jovenzinha radiosa intuiu que consagrar a Deus sua virgindade seria uma maneira de honrá-lo melhor que as hecatombes de cordeiros e de touros imolados no templo de Jerusalém. E Deus visitou-a, e por ela deu-nos o Salvador.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 88
  Decidir não fazer mais pela pessoa que se ama: aí está, tenho certeza, não apenas o sinal, mas, em primeiro lugar, a causa do declínio do amor.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 112
  Para o amor verdadeiro não existe jamais o repouso.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 113
  Um lar de buscadores de Deus é, em um mundo que não acredita mais em Deus, que não acredita mais no amor, uma teofania: uma manifestação de Deus como foi para Moisés aquela sarça do deserto que ardia sem se consumir.  
discurso em 15/05/1970 em Roma
  É preciso que, como as crianças, saibamos ficar surpresos e maravilhados diante de quem amamos.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 16
  Meu olhar sabe discernir a dimensão divina dos seres que me cercam e dos acontecimentos? Eu me explico com alguns exemplos: no ônibus ou no trem, esta multidão obscura, pesada, oprimida você a olha com o olhar de Cristo?  
Carta Mensal dezembro 1956
  Por mais importantes que sejam nossas atividades profissionais, sociais, que podem elas significar em comparação com todas as atividades somadas dos descendentes de um só de seus filhos?  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 85
  Pois é preciso relembrar sempre esta verdade básica: quem vem para receber volta de mãos vazias; quem vem para dar, encontra.  
Carta Mensal dezembro 1948
  Tudo se resume em saber se é vital comer, tudo se resume em saber se é vital rezar.  
Carta Mensal novembro 1952
  Nenhum discurso sobre Deus é mais eloquente e persuasivo do que o espetáculo de cristãos que são um como o Pai e o Filho são um.  
L'Anneau d'Or, agosto 1956
  Devemos ousar dizer aos casais que só existe salvação para o amor e para a família na caridade de Cristo.  
  É claro que eu creio na necessidade de engajamento, mas creio, também, ou melhor, constato todos os dias, que o marido ou a mulher, que não se apóia sobre um amor sólido como a rocha, é terrivelmente vulnerável na ação.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 33
  Que o amor de vocês seja paciente, como a paciência do agricultor que confia nas estações. Assim, a sua exigência de amor dará frutos.  
L’Anneau d’Or mai-ago 1956
  No meu lar, na minha paróquia, na minha profissão, no meu país, na Igreja, sou um parasita ou um bom operário?  
Editorial Carta Mensal Dezembro 1948
  Os pastores de todos os tempos sempre adivinharam o esplendor de Deus ao contemplar, à noite, o céu fervilhante de estrelas, pois 'os céus anunciam a glória de Deus.'.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 120
  A Palavra de Cristo no Evangelho não somente é ensinamento, mandamento, declaração de amor, mas é ato. Ele opera.  
Carta Mensal janeiro 1964
  Vocês têm em casa uma Bíblia em imagens, se assim posso dizer. Ah! Se vocês a folheassem! Estou falando de todas essas realidades familiares que fazem parte de sua vida: o amor conjugal, a paternidade, a maternidade, os filhos, a casa... tudo isso que Deus encontrou de mais explícito para se dar a conhecer.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 122
  O casal de Nazaré é o exemplo que se propõe a todo casal... Se esposos cristãos não se esquivarem da pedagogia divina que age em sua vida como agiu no casal Maria e José, Deus os conduzirá.  
Pe Caffarel Profeta do Matrimônio - SRB 2009, pag. 65
  Quero convidá-los a fazer o que for necessário para que a espiritualidade conjugal e familiar que vocês buscam nas Equipes de Nossa Senhora, chegue aos casais que os cercam, fortaleça sua união que talvez esteja trincando, reanime seu amor, lhe revele as riquezas do sacramento do matrimônio.  
  Quando aqueles que se amam teimam em partir sempre de novo para a descoberta do cotidiano do outro, fazem a experiência de um amor vivo e jovem, novo cada dia, e sua união ganha solidez à medida que se aprofunda.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 26
  A todo instante [Deus] está olhando para você com infinita ternura. Por favor! Não passe todo o tempo da oração a se lamentar e a se arrepender! E não recuse a Deus a alegria de ter o filho que Ele ama e quer acarinhar.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 30
  São os sins da velhice, no entardecer de uma vida de fidelidade, que exprimem o consentimento perfeito de dois seres um para o outro e complementam esta união que é sua obra e sua recompensa.  
revista L'Anneau d'or maio 1956
  Os adultos somente serão dignos de estima se trabalharem para o verdadeiro bem da geração que vem, e não para o conforto da geração atual.  
Carta Mensal maio-junho 1971
  Vocês formam grupos para procurar Cristo, imitá-lo, servi-lo. Vocês não conseguirão sem um guia. E não há melhor guia do que a Virgem.  
Carta Mensal maio 1949
  E é precisamente isto que é tão grave aos olhos de Deus: que o filho mais velho se escandalize com a misericórdia [do pai], que não veja nela senão uma falta de dignidade, um insulto à justiça.  
Cahiers sur L'oraison julho 1961
  O exercício da fé e da caridade deveria ser tão natural e tão tranquilo quanto a respiração.  
carta mensal set/out 1970
  Deixe espaço para a oração, o espaço todo. Que a oração possa assumir todas as fibras de seu ser, assim como o fogo penetra na madeira e a deixa incandescente.  
L'Anneau d'or mai/ago 1967
  Exercite sua fé. Não lhe peço que fique especulando sobre Deus, mas que pense nEle, meditando no que Ele diz de si mesmo por meio da Criação..  
carta mensal set/out 1970
  Os casais que se agrupam para se iniciarem na espiritualidade, longe de buscar os meios para fugir do mundo, esforçam-se para aprender como, a exemplo de Cristo, servir a Deus por toda a sua vida e em pleno mundo.  
carta mensal junho 1950
  Toda a vida da Virgem-Mãe, compromissada pelo Sim da anunciação, foi uma contínua ascensão de amor. Portanto, será junto a ela que os casais cristãos aprenderão a pronunciar uma primeira vez, e depois durante toda a vida, o Sim, essa grande palavra de seu amor.  
L'Anneau d'or maio 1956
  E quando os jornais trazem esses eventos mundiais, cruéis, desconcertantes, inquietantes, sua fé lhe diz que Cristo é vencedor, que Ele conduz a história com mão de mestre e que seu amor irrepreensível e infalível não pode ser frustrado pelos homens?  
Carta Mensal dezembro/1956
  Uma equipe definha quando seus membros perdem o espírito de sacrifício.  
Carta Mensal abr/mai 1957
  É do seu amor conjugal, do fato de serem casais, que o mundo ateu, sem o suspeitar, espera um testemunho essencial.  
Roma 5/5/1970
  No dia em que se decide não fazer mais pela felicidade do outro, achando que já se fez o suficiente, nesse dia o amor está condenado, talvez se deva mesmo dizer que morreu.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 113
  Os cristãos cuja fé é pura, cujo olhar é simples, não têm dificuldade em descobrir esta misteriosa presença de Cristo no seu sacerdote.  
  A vida cristã integral não é somente adoração, louvor, ascese, esforço de vida interior. É também serviço de Deus, no lugar por Ele designado: família, profissão, cidade.  
Carta Mensal junho 1950
  Escutar não é apenas exercício de inteligência. A palavra 'escutar' não significa uma atividade solitária, mas um encontro, uma troca, coração a coração: a oração é essencialmente isso.  
Caderno sobre a Oração, 1966
  Penso não estar fazendo um julgamento temerário ao afirmar que os melhores casais cristãos, aqueles que não deixam nunca seu dever de se ajoelhar, frequentemente se dispensam do dever de se sentar.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 90
  O casal não tem condição de ser a fonte de onde jorra vida familiar a não ser na medida em que todos os dias se abra às bênçãos de Deus pela oração conjugal.  
Casamento, este Grande Sacramento - 1963
  O verdadeiro amor, longe de confiscar os corações, os liberta e os dilata de forma extraordinária.  
L'Anneua d'or mai/ago 1964
  É preciso cada dia partir ao encontro do outro, por caminhos desconhecidos, tentando adivinhar a vida profunda do parceiro, procurando o que poderá despertar sua atenção, seu interesse, sua ternura, evitando o que de momento o incomoda ou cansa, descobrindo afinal o que pode estabelecer a comunhão.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 54
  Não pode haver uma verdadeira moralidade da sexualidade se não houver uma qualidade da sexualidade.  
Chantilly (França) - 03/05/1987
  A Eucaristia na alma de quem não ora, não passa de semente em terra não lavrada: não pode produzir frutos.  
Carta Mensal novembro 1952
  Como é pobre, em certo sentido, o apóstolo isolado diante do lar apóstolo.  
Carta Mensal jan 1962
  Façam uma peregrinação às fontes de seu amor, reconsiderem o ideal entrevisto quando juntos, com passos alegres, começaram a caminhada. Renovem seu fervor.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 92
  Quando casais exercitam o seu amor fraterno, aos poucos, seu coração se dilata. E, passo a passo, seu amor conquista a casa, o quarteirão, o país.  
L'Anneau d'or maio 1956
  A santidade até há pouco parecia exigir a fuga do mundo, mas agora sempre mais reivindica seu lugar no coração do mundo.  
O Amor e a Graça, pag. 242
  Só ajudarão seus filhos de uma maneira eficaz a serem verdadeiros discípulos de Cristo, se os amares à maneira de Cristo.  
O Amor e a Graça, pag. 85
  Ocupar-se com Deus jamais significa esquecer os nossos; o que damos a Deus nunca é tirado dos outros.  
Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 79
  Quando um lar reconhece a Deus pelo que Ele é, não consigo imaginar que ali não exista nenhum desejo de lhe oferecer um ou mais filhos.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 87
  Casais, seus filhos têm uma necessidade imperiosa do seu amor: foi ele que os fez nascer, e somente ele poderá fazê-los crescer.  
Textos Escolhidos SRB 2009, pag. 48 (Carta Mensal, França março 1952)
  Mais do que uma comunidade, a vida cristã é uma comunhão.  
L'Anneau d'or 56 - abril 1954
  O impulso do Espírito haverá de nos levar e animar, quer estejamos a caminhar, ou a trabalhar, ou a falar. Ou até mesmo a dormir.  
Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 93
  Desejaria que cada um de vocês consagrasse ao menos cinco minutos por dia à leitura do Evangelho.  
Centelhas de sua Mensagem, pag. 74
  Amem-se: quando a caridade cresce em seu lar, cresce também na Igreja, da qual é célula viva.  
A Missão do Casal Cristão, pag. 20 - 1¤ editorial - 25/12/1945
  A ação apostólica do lar é exercida para fora e para dentro... É o lar cristão, posto avançado da comunidade eclesial.  
A Missão do Casal Cristão, pag. 162 (dezembro/1960)
  Sem intimidade, sem progresso na intimidade, não há progresso no amor, o casal fica ameaçado.  
Conferência sobre Oração 1972 Brasil - boletim Amigos Pe Caffarel janeiro/2017, pag. 14
  É indispensável crescer na convicção de que cada casal faz parte de uma história humana maior, a história de todos os homens de todas as regiões da terra, sua história passada, a presente e a futura.  
Amor e Casamento - 1997 - Pontes Sim, Muros Não - pag. 116
  Mas o mais importante não é pensar muito, mas amar muito.  
Carta Mensal set-out 1970
  Seja o conjunto de nossas Equipes uma catedral para a glória de Nossa Senhora.  
Carta Mensal maio 1949
  Felizes os casais suficientemente humildes que decidem não perder de vista esse lar onde Cristo cresceu.  
Recebe Maria como tua Esposa, pag. 177
  Que no seu lar, Nossa Senhora seja para vocês uma Mãe honrada e querida.  
A Missão do Casal Cristão, pag. 20 - 1¤ editorial - 25/12/1945
  O amor fraterno tem uma excepcional fecundidade. Em sua volta, o mal regride, o deserto passa a florescer.  
L'Anneau d'or - agosto 1956
  Respirai a plenos pulmões, amai a pleno coração! A alma, como o corpo, precisa refazer-se, renovar-se; ora, é o amor que recria a alma.  
Carta Mensal julho 1955 - Textos Escolhidos SRB 2009, pag. 71
  Aquele que não tende à perfeição desliza, inevitavelmente, para a mediocridade. A essência da perfeição consiste no amor.  
Carta a João XXIII (1959) - A Missão do Casal Cristão, pag. 41
  Procuremos juntos, unamos nossos esforços e partamos para a descoberta.  
Roma (maio/1959) - A Missão do Casal Cristão, pag. 49
  De uma oração conjugal verdadeira jorra viva e rica a oração familiar.  
Orar 15 dias com Pe Caffarel, pag. 32
  Assumimos as nossas responsabilidades. Rezem, reflitam e assumam as suas.  
Carta de Fundação ENS - 08/12/1947
  No lar que não perde tempo parando e refletindo, muitas vezes se introduz a desordem material e moral.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 90
  Que Deus seja em sua casa o primeiro a ser buscado, a ser amado, a ser servido.  
A Missão do Casal Cristão, pag. 19 - 1¤ editorial - 25/12/1945
  O verdadeiro lar cristão não pode deixar de estar animado por uma ardente aspiração missionária.  
Carta a João XXIII (1959) - A Missão do Casal Cristão, pag. 45
  Amar é dar-se, sem reserva, sem interrupção, num impulso de alegre generosidade.  
L'Anneau d'or 138 - Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 102
  Creio fortemente que o amor humano fala do amor de Deus, como uma espécie de parábola.  
Entrevista 15/03/1973 - Carta Mensal abril 2015, pag. 17
  O amor declina se não cresce: será preciso reconquistá-lo e enriquecê-lo a cada dia.  
O Amor e a Graça, pag. 157
  Deus deu ao homem sentidos corporais para entrar em relação com o mundo sensível; faculdades intelectuais para entrar em relação com o mundodas ideias; um coração, por fim, para entrar em relação com Ele.  
5 Encontros sobre a Oração Interior, pag. 10
  Não há família sem a Igreja, tampouco há Igreja sem a família cristã.  
Carta a João XXIII (1959) - A Missão do Casal Cristão, pag. 46
  O homem e a mulher possuem a mesma natureza humana, portanto são iguais, mas possuem-na em modalidades distintas e, portanto, são complementares.  
Carisma Fundador (1987), pag. 21
  Para o Cristo, viver é orar. Alcance-o, apreenda, aproprie-se de sua oração. Deixe essa oração apanhar você, invadir você, elevar você e levar você ao Pai.  
L'Anneau d'or mai-ago 1967 - Profeta do Matrimônio SRB 2009, pag. 16
  Vocês estão certos em querer apresentar aos não-crentes a face alegre e forte do amor e da fé. Não esqueçam, contudo, que a Paixão precede a Ressurreição, que a alegria é fruto da cruz.  
Carta Mensal 1948 - Profeta do Matrimônio SRB 2009, pag. 40
  Orar consiste em estar disponível, em atitude de acolhimento, presente a Deus presente.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 20
  Quando nosso ser profundo se volta para Deus e se entrega a Ele, livre e deliberadamente, é então que se faz uma oração verdadeira, mesmo se a nossa sensibilidade está inerte, nossa reflexão é pobre e nossa atenção sujeita a distrações.  
Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 45
  O amor de Deus definha na alma do cristão que não reservar a cada dia momentos de encontro com o Senhor, momentos de troca, de intimidade, ou seja, de oração.  
Carta Mensal novembro 1952
  Tu, que habitas no fundo de meu coração, permite-me chegar a Ti, no fundo de meu coração.  
Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 105
  O Cristo não veio julgar e condenar. Veio salvar e resgatar.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 72
  A oração conjugal é um desses momentos privilegiados em que o lar se abre à ação do Espírito Santo.  
Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 27
  Que devemos fazer de nossa equipe para que ela se pareça mais com a equipe que Jesus reuniu em torno dele, que ele formou e transformou no dia de Pentecostes?  
Palestra Brasil 1972 - Palestras e Conferências, pag. 70
  A vocação do cristão é antes de tudo a de existir como cristão, mas o cristão não recebe a salvação a não ser no interior do povo.  
Palestra Brasil 1972 - Palestras e Conferências, pag. 61
  Faz falta que, vendo como vive um casal cristão, todos os homens e mulheres que aspiram ao amor humano compreendam que Cristo veio para salvar o amor.  
O Sacerdócio do Matrimônio, L’Anneau d’Or 111-112, mai-ago 1963 - Livro Tema de Estudo ENS 2018, pag. 39
  O cristão que quer rezar começa pois por se ajoelhar diante de sua Mãe orante.  
5 Encontros sobre Oração Interior, pag. 119
  Amar como Ele [Jesus] amou consiste em uns dizerem aos outros o melhor do que pensam e o melhor do que vivem: o que sabemos e o que vivemos de Deus.  
Centelhas de sua Mensagem, pag. 102
  Eu vos conclamo a empreender, a levar avante, uma ação sistemática, organizada. Fundar uma equipe em todos os pontos estratégicos do Brasil. Lançar sobre a vossa pátria uma imensa rede de que as Equipes sejam os nós.  
Conferência no Brasil em 14/07/1957 - Carta Mensal Novembro 1987
  É sempre delicado interrogar a vontade de Deus: há sempre o risco de fazê-la dizer o que nós desejaríamos. No entanto, nada é mais necessário.  
A Missão do Casal Cristão, pag. 48 (Roma - 1959)
  Sejam uma reparação pelos inúmeros lares que fecham suas portas a Cristo e nos quais o amor se apaga.  
A Missão do Casal Cristão, pag. 20 - 1¤ editorial - 25/12/1945
  Dá-se férias ao amor e o egoísmo assegura a interinidade.  
Carta Mensal julho 1955 - Textos Escolhidos, pag. 71
  O lar onde se ama e que não esconde que deve esse amor a Cristo revelará ainda outra verdade fundamental: que onde Ele está presente, Cristo cura, reconcilia, traz a paz.  
Palestra Brasil 1972 - Palestras e Conferências, pag. 45
  Se a união com Cristo é para vocês o essencial, e se as Equipes de Nossa Senhora lhes parecem ser o meio providencial para alcançá-lo, então eu lhes digo que as Equipes devem ocupar um lugar essencial nas suas vidas.  
Carta Mensal fevereiro 1950
  Sois amados [por Deus] pessoalmente e não por uma espécie de amor anônimo, caso contrário, isso não seria amor; sois amados tal como sois, com o vosso bem e o vosso mal, com as vossas misérias, com as vossas virtudes.  
Entrevista Radio Canada, 1980 - Boletim 22 Associação Amigos Pe Caffarel, pag. 12
  O Amor declina quando o conhecimento declina, que o amor permanece vivo quando o conhecimento permanece atual.  
5 Encontros sobre a Oração Interior, pag. 12
  Há muito tempo que eu sonhava com um grande gesto dos casais cristãos, através do qual eles iriam expressar publicamente o seu reconhecimento a Deus por serem deste tempo a que foram concedidas as suas luzes.  
Editorial da Carta Mensal de janeiro de 1954
  Cristo veio prender-nos a si a fim de nos conduzir consigo e em si ao Pai, de nos fazer penetrar no mais profundo do mistério de Deus.  
5 Encontros sobre a Oração Interior, pag. 12
  Mais amor nos lares, mais caridade nas equipes e mais dinamismo missionário.  
Vocação e Missão - Fátima 2018, pag. 34
  Quando não praticam a oração interior, os cristãos permanecem como presos a um estágio infantil.  
L'Anneua d'or - jan/fev 1949 - Textos Escolhidos, pag. 31
  Eu quisera que todos tivessem na mais alta estima a palavra sacerdotal e a solicitassem com interesse e convicção, para renovar e enriquecer a sua fé.  
O Amor e a Graça, pag. 248
  Que futuro não poderemos esperar para a Igreja se a mensagem luminosa de Cristo sobre o matrimônio pudesse chegar aos quatro cantos do mundo, se seduzisse os jovens casais em grande número e se animasse famílias em número sempre maior!.  
Roma (maio/1959) - A Missão do Casal Cristão, pag. 66
  Façam o exame de consciência do lar, tomem as decisões práticas e oportunas para curar, consolidar, renovar, arejar, abrir o lar. Ponham nesse exame lucidez e sinceridade.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 92
  Às vezes nos encontramos frente a dois erros frequentes quando tratamos do apostolado, a Palavra sem ação e a ação sem Palavra.  
L’Anneau d’Or, nº 109 - O leigo, portador da Palavra - jan-fev 1963
  Não há nada mais importante que fazer as famílias cristãs compreenderem que, pela hospitalidade e acolhida, exercem uma mediação insubstituível entre o mundo e a Igreja.  
L'Anneau d'or 107 - set/out 1962
  Comunidade de oração e comunidade missionária são como frente e verso do casal, comunidade de amor.  
Vocação e Missão - Fátima 2018, pag. 11
  Você decide hoje, da manhã até a noite, você vai muito especialmente exercitar-se para ver todos os seres e todos os acontecimentos com os olhos da fé. Garanto que seu dia não será como os outros dias.  
Carta Mensal dezembro 1956
  O amor nunca diz: 'Basta'.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 119
  Assim deve ser o cristão. Enquanto discípulo de Cristo, deve falar e atuar. Tem que ser o primeiro a ajudar os que sofrem, os que estão aflitos, os oprimidos.  
L’Anneau d’Or nº 109 - O Leigo, portador da Palavra, jan-fev 1963
  Os verdadeiros filhos de Deus não apenas respondem ao chamado quando se faz ouvir, mas, animados por servi-Lo, vivem em uma atitude de disponibilidade.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 115
  Ser exigente não é tanto deleitar-se com os defeitos do outro quanto favorecer no coração, como se atiça uma chama, o crescimento na entrega a Deus e ao proximo.  
L’Anneau d’Or mai-ago 1956
  Felizes aqueles que, ao longo de sua vida terrestre, sempre estiveram prontos para atender aos chamados divinos.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 115
  Seja, portanto, essa a sua ideia fixa: Fazer de sua equipe um sucesso de caridade.  
L'Anneau d'or - agosto 1956 - Profeta do Matrimônio, pag. 53
  Estejam sempre dispostos a responder e a partir, sem reclamar direitos, sem pedir atalhos, sem chegar tarde.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 115
  Por sua vida, por seu exemplo, por seu comportamento, o casal cristão deve proclamar a doutrina do matrimônio.  
L'Anneau d’Or 111-112 mai-ago 1963
  Desejá-la [santidade] não é mais presunção, mas magnanimidade, e dispor-se para ela - por uma abertura habitual do nosso espírito ao Espírito Santo - é a própria exigência do nosso amor filial para com Deus.  
Novas Cartas sobre a Oração, pag. 29
  Por isso convido vocês a renovar, mais do que nunca, esse voto de confiança na Virgem Maria.  
O Carisma Fundador, pag. 29
  Se Cristo não tivesse vindo à terra, se não tivesse amado os homens, poder-se-ia pensar que o amor de um Deus é uma realidade mais intimidadora que atraente e asseguradora.  
5 Encontros sobre a Oração Interior - pag. 13
  O admirável, na relação com Deus, é saber, ter certeza, e nisso consiste a fé, que o Eu divino dá-me atenção total, neste momento.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 63
  Eu gostaria que em nossas Equipes se exercesse a fé na ternura todo-poderosa da Virgem; que cada casal sentisse aquela confiança e aquela segurança que habita o coração dos filhotes quando sua mãe está presente.  
Carta Mensal maio 1949
  A oração cria o amor e o amor leva ao sacrifício.  
Centelhas de sua Mensagem, pag. 108
  As suas férias serão um tempo forte no ano, porque vocês terão feito delas um tempo para amar.  
Carta Mensal julho 1955 - Textos Escolhidos, pag. 71
  Ó Tu, que habitas no fundo do meu coração, que a tua alegria jorre, no fundo do meu coração.  
Profeta do Matrimônio, pag. 78
  Se já é verdade que para os filhos é uma grande sorte ter um pai e uma mãe que se amem, quão grande deveria ser a nossa felicidade por termos um Deus que é comunidade de amor, um sol em nosso céu!.  
Centelhas de sua Mensagem, pag. 111
  Ninguém conversa com uma sombra. É preciso pois tomar consciência da presença de Deus para lhe falar.  
Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 95
  O casamento cristão não é somente o dom recíproco do homem e da mulher, é também o dom do casal a Cristo.  
Carta Mensal abril 1968
  Amar é um risco. Pois o amor pode arrastar terrivelmente longe: adeus à tranquilidade confortável, às belas seguranças farisaicas desde que ele nos queimou com seu fogo.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 47
  A oração me leva a compreender um pouco melhor a exigência deste amor de Cristo, amor terno e intransigente, amor zeloso.  
A Missão do Casal Cristão, pag. 130 (A Deus, 1973)
  Se as Equipes de Nossa Senhora não forem fermento de renovação na Igreja, serão postas de lado, para dar lugar a novos movimentos mais ousadamente revolucionários, capazes de trabalhar pelo 'aggiornamento' da Igreja.”.  
Carta Mensal jun/jul 2013, pag. 38
  O casal maravilha-se em descobrir que, ao juntar seu SIM ao SIM de Maria, está colaborando com ela [Maria] e contribuindo em dar Cristo ao Pai e aos homens.  
L’Anneau d’Or maio 1956 - Profeta do Matrimônio, pag. 65
  Finalmente e antes de mais nada procurem ver se Deus de fato é para vocês quem é servido em primeiro lugar.  
Nas Encruzilhadas do Amor, pag. 92
  Tu, que habitas no fundo de meu coração, faze-me viver de Ti, no fundo de meu coração.  
Profeta do Matrimônio, pag. 79
  Não é por acaso que para se doar a nós, Cristo tomou o pão e não uma iguaria rara: o pão é alimento quotidiano.  
Carta Mensal março 1958 - Textos Escolhidos, pag. 20
  Ser um SIM para Deus: eis o maior anelo de uma alma realmente dada à oração.  
Novas Cartas sobre Oração, pag. 62
  Tendes fome. Pedi pois a quem possui o Pão [eucaristia], que vo-lo reparta.  
O Amor e a Graça, pag. 248
  Orar é uma necessidade tão vital como respirar, comer, dormir, exercer as faculdades corpóreas e espirituais. Digo precisamente vital. Quem larga mão da oração definha.  
Novas Cartas sobre Oração, pag. 84
  Assim como o Pai sabe encontrar na sua alma todos aqueles que você ama, assim também ele vê, no coração imenso de seu Filho em oração, todos os homens pelos quais o Filho entregou sua vida.  
Orar 15 dias com Henri Caffarel, pag. 80
  O Evangelho é a Voz, viva e permanente, de um vivente, de um grande Vivente, presente hoje no meio de nós.  
Textos Escolhidos SRB 2009, pag. 24 (Carta Mensal, França janeiro 1964)
  Amem sua esposa, seu marido e desejem amá-la(o) mais a cada dia, porque não existe amor no coração que diga 'já é suficiente' nem que não deseje amar sempre mais e melhor.  
Centelhas de sua Mensagem, pag. 94
  O vértice da pirâmide não é o indivíduo, mas sim o casal. E isso é algo de muito novo.  
O Carisma Fundador, pag. 20
  Posso fechar-me para este dom da vida divina, mas não me posso apartar de Deus. Ele está sempre presente, no âmago do meu ser.  
Novas Cartas sobre Oração, pag. 08
  Um Movimento declina para a morte quando seus membros deixam a mentalidade de construtores para assumirem uma mentalidade de inquilinos!.  
Centelhas de sua Mensagem, pag. 75
  Vocês sabem muito bem, há silêncios que são inimigos do amor.  
Nas Encruzilhas do Amor, pag. 92
  Graças aos Estatutos, os equipistas são firmemente sustentados pelas obrigações. Mas cuidado com este novo perigo: esvaziar as obrigações de seu espírito. É preciso temer que as obrigações se tornem um fim em si mesmas, um ideal, uma limitação e que os equipistas pensem que a perfeição cristã consiste em respeitar as obrigações dos Estatutos. [...] Vamos formar cristãos ou produzir fariseus, em nossas Equipes?  
Carta Mensal dez/1959
  E eis que, das profundezas do coração do Pai surge um ímpeto de poder infinito e incoercível, o Espírito Santo, Amor primordial. Ele invade o coração do Filho. Irrompe do coração do Filho. Invade o meu coração. E, na medida em que eu me abro para ele, transborda do meu coração e se espraia por sobre o mundo.  
Novas Cartas sobre Oração, pag. 33

Magnificat

Sistema de Gestão das Equipes de Nossa Senhora acessar

Acervo de Formação

Palestras, flashes, estatutos,
decreto de reconhecimento
e outros documentos. acessar

Correio da ERI

Newsletters mensais produzidas pela ERI. acessar

Visite o Site

Acesse o site internacional do movimento. acessar
©2014 - Equipes de Nossa Senhora - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por SEDIG